Categoria: Notícia

? Ricardo Almeida

1 abr 2011


Ricardo Almeida, paulista, é referência em moda masculina. O estilista começou a trabalhar com roupas em 1974 como representante de vendas de uma camisaria paulistana. Com a experiência adquirida teve autoridade para começar a sugerir tecidos com objetivo de melhorar as vendas. Em 1979 tornou se sócio de uma confecção e em 1983 deixou a sociedade e criou a própria marca. Primeiro confeccionava suas peças para vender em outras lojas. Então nos anos 90 abriu a primeira loja Ricardo Almeida.

Ricardo Almeida usa na sua confecção o algodão italiano, Thomas Mason. Este atende os alfaiates da família real inglesa e da casa real espanhola. Em 1996 participou da primeira edição do Morumbi Fashion, hoje conhecido como São Paulo Fashion Week onde realiza os seus desfiles. Em 2002 criou uma nova marca, RA Sport, com roupas informais e com destaque para os jeans.

Entre as personalidades que já vestiram suas roupas estão: Raul Cortez (rip),Rodrigo Santoro, Pedro Paulo Diniz e o apresentador Luciano Huck. O estilista tem duas lojas, em São Paulo, mas as roupas são revendidas por outras marcas.

? Coco Chanel

25 mar 2011


“A moda não é uma arte, é um negócio”. (Coco Chanel)

Antes de Coco Chanel a maioria das mulheres escondia as pernas só usavam cabelos compridos, roupas apertadas e jóias verdadeiras. Mas Coco nos deu a liberdade das saias, calças, das pérolas falsas e dos amados tailleurs. Aos vestidos sóbrios, acrescentava acessórios exóticos, como gravatas e paletós, que ia buscar no armário do companheiro. Coco tinha verdadeiro horror aos babados, plumas e rendas que ornavam o guarda-roupa feminino. No cabeleireiro, um corte chanel sempre significa fios retos, que não ultrapassem o limite do queixo. Já o sapato chanel é aquele scarpin bicolor, com o bico em um tom diferente do resto. Há, ainda, a clássica bolsa chanel, que as mulheres penduram no ombro, graças a uma corrente dourada, fazendo as vezes de alça.

Mas como foi a vida de Coco Chanel?

Gabrielle Bonheur Chanel, (Saumur, 19 de agosto de 1883 – Paris, 10 de janeiro de 1971), mais conhecida como Coco Chanel, foi uma importante estilista francesa e uma mulher à frente do seu tempo. Seu apelido é devido a uma música que Coco cantava com sua irmã. A música “Quem viu Coco no Trocadero?” (“Qui qu’a vu Coco dans l’Trocadéro?”). Por volta de 1910 em Paris Coco conheceu o grande amor da sua vida. O milionário inglês Arthur Capel ajudou-a a abrir a sua primeira loja de chapéus. A loja Chanel iria tornar-se num sucesso e apareceria nas revistas de moda mais famosas de Paris. Com este relacionamento, Chanel aprendeu a frequentar o meio sofisticado da Cidade Luz. Capel meses mais tarde morreu num desastre de carro. Depois da morte de Capel, Chanel abriu a primeira casa de costura. Nessa começou a vender roupas desportivas para ir à praia e para montar a cavalo. Pioneira também inventou as primeiras calças femininas. No início dos anos 20, Chanel conheceu e apaixonou-se por um príncipe russo, Dimitri Pavlovich. Essa relação a fez desenhar roupas com bordados do folclore russo e, para isso, contratou 20 bordadeiras. Neste período, Chanel conheceu muitos artistas importantes, tais como Pablo Picasso, Luchino Visconti e Greta Garbo.

Suas roupas vestiam as atrizes de Hollywood e seu estilo ditava moda em todo o mundo. Os seus tailleurs são referência até hoje. Em 1921, criou o perfume que a iria converter numa grande celebridade por todo mundo, o Chanel Nº 5. Durante a Segunda Guerra Mundial, Chanel fechou a casa e envolveu-se romanticamente com um oficial alemão. No final da guerra, os franceses conceituaram este romance mal e deixaram de frequentar a sua casa. Para manter a casa aberta, Chanel começou a vender suas roupas para o outro lado do Atlântico e foi morar na Suíça. Depois voltou a morar na França onde faleceu em 1971 no Hôtel Ritz Paris. O seu funeral foi assistido por centenas de pessoas que levaram as suas roupas em sinal de homenagem.

A marca hoje é comandada por Karl Lagerfeld, que continua no mesmo padrão de Coco e cuida muito bem do acervo que ela deixou.

Se tiver mais curiosidade sugiro o filme Coco antes de chanel que retrata a biografia da estilista, interpretado por Audrey Tautou.

Livro do mês – O Boticário maquiagem by Fernando Torquatto

25 fev 2011


O que eu aprendi com: O Boticário maquiagem by Fernando Torquatto ?

Aprendi a ter paciência, simplesmente porque desde 13h30 estou tentando fazer uma sombra que simpatize com a da capa do livro. É um tipo de foto clássica que todo mundo que comprou o livro está tirando e postando. Então agora 15h00 após a pausa do almoço consegui acredito eu algo plausível de ser apresentado.

Foto: Lija Valadares

Então o livro eu comprei na Boticário do Extra no SIA, mas ele está à venda em todas as lojas. Essa belezura custou R$ 89,00. Eu não achei caro porque o livro é capa dura, tem 254 páginas, 31cm de comprimento por 26cm de largura e é dividido em 15 capítulos.

Amei esse livro porque o Fernando Torquato, maquiador, explica e mostra nas fotos em detalhes como fazer uma maquiagem do modo correto. O livro traz inúmeras dicas de maquiagem as fotos são do fotógrafo Jacques Dequeker. Além disso, junto ao livro vem também um DVD e um óculos 3D que faz com que as fotos tenham um efeito mais do que especial. O DVD é tem um video do making off das fotos.

Então aí você pensa: Eu nem gosto dessas maquiagens pesadas! Não reclame o livro traz vários tipos de looks e dicas para todos os tipos étnicos: casual, noite e praia. E ainda traz dicas de cuidados básicos pré e pós-make.

E para quem quiser se aprimorar ainda mais na arte da maquiagem eu aconselho o curso grátis que a Boticário está oferecendo é só se inscrever. Então, são duas horas de curso que podem ser marcados durante a semana ou no final de semana. Eu já marquei o meu nesse domingo às 16h. O curso acontece no shopping Boulevar Center na asa norte.
O telefone da Boticário é: (61) 3448-3394.