Categoria: Pense Nisso

Vesg@ não! Sou estrábic@!

26 abr 2011


Eu sofri com isso na infância e ainda sofro. Às vezes o meu estrabismo também dá o ar da graça. Sempre tem um engraçadinho que te chama de vesgo ou que te avisa que um olho tá olhando para o outro lado. Ou o pior te avisa que você está olhando para o outro lado como se você pudesse bater um papo com o olho e avisar para ele acompanhar o outro. Este post é para esclarecer os desavisados.

Vamos esclarecer bem as coisas:

O que é o estrabismo?
Estrabismo é um defeito no alinhamento dos olhos, ou seja, eles apontam para diferentes direções. O desvio pode ser notado sempre ou esporadicamente. Um olho pode estar direcionado para frente enquanto o outro pode virar para dentro, para fora, para cima ou para baixo. Pessoas não estrábicas possuem a visão binocular, os olhos focalizam o mesmo alvo. A parte visual do cérebro funde as duas imagens numa imagem tridimensional única. No caso do estrabismo um olho desvia assim são enviadas duas imagens diferentes ao cérebro. Em crianças, o cérebro aprende a ignorar a imagem do olho mal alinhado e vê somente a imagem de um olho. Isto causa perda da percepção da profundidade e da visão binocular. O estrabismo pode causar visão reduzida ou ambliopia (olho preguiçoso). O cérebro reconhece a imagem do olho de melhor visão e ignora a imagem do olho amblíope. A ambliopia pode ser tratada colocando-se um tampão no olho de melhor visão para melhorar a visão do olho mais fraco. Se a ambliopia for detectada nos primeiros anos de vida, o tratamento frequentemente é bem sucedido. Se o tratamento for deixado para depois, a ambliopia ou visão reduzida geralmente torna-se um problema permanente.

O que causa e quais são os sintomas do estrabismo? A causa não é totalmente compreendida. Seis músculos controlam os movimentos dos olhos, em cada olho, dois músculos movimentam o olho para a esquerda ou para direita. Os outros quatro músculos o movimentam para cima ou para baixo e controlam movimentos de inclinação. Para alinhar e forçar ambos os olhos num alvo único, todos os músculos de cada olho devem estar equilibrados e funcionando juntamente com os músculos correspondentes do olho oposto. O sinal principal do estrabismo é um olho que desvia ás vezes. O paciente também fica com o olho estrábico fechado na luz solar ou inclina a cabeça numa direção específica para usar os dois olhos ao mesmo tempo.

Detecção e diagnóstico. As crianças devem ser examinadas pelo oftalmologista durante a infância e na idade pré-escolar para detectar problemas potenciais nos olhos. É aconselhável a criança ser examinada no primeiro ano de vida. O estrabismo não é curado com o crescimento. Os objetivos do tratamento do estrabismo são preservar a visão e endireitar os olhos e restaurar a visão binocular. Depois de um completo exame oftalmológico incluindo um estudo detalhado de partes internas do olho um oftalmologista pode recomendar exercícios ortópticos, óculos ou cirurgia. Cobrir ou tapar o olho bom para melhorar a visão no olho fraco frequentemente é necessário.

Existem dois tipos de estrabismo: esotropia e exotropia. Esotropia um olho é virado para dentro. Na maioria dos casos, a cirurgia precoce para alinhar o olho é necessária para obter visão binocular e prevenir perda de visão permanente. A cirurgia em qualquer idade pode resultar em melhora do campo visual lateral. Durante a cirurgia, a posição dos músculos dos olhos é ajustada. Exotropia o olho é virado para fora. Ocorre mais frequentemente quando a criança está focalizando objetos distantes. Normalmente a exotropia ocorre de forma intermitente, particularmente quando a criança está distraída, doente ou cansada. Os pais geralmente observam que a criança fecha um olho na luz do sol. Apesar de óculos, exercícios ou prismas poderem reduzir ou ajudar a controlar esse desvio, frequentemente a cirurgia é necessária.

Cirurgia de Estrabismo consiste em uma pequena incisão no tecido que cobre o olho, permitindo ao oftalmologista acessar os músculos oculares subjacentes. Quais músculos oculares serão reposicionados durante a cirurgia depende da direção que o olho está desviando. A anestesia geral é necessária quando a cirurgia de estrabismo é realizada em crianças. A anestesia local é uma opção para adultos. O tempo de recuperação é rápido. Depois da cirurgia, óculos ou prismas podem ser úteis. Hipercorreção ou hipocorreção podem ocorrer nesses casos e será necessária outra cirurgia. A cirurgia precoce é recomendada para corrigir o estrabismo, pois crianças mais novas podem desenvolver visão binocular uma vez que os olhos são alinhados. Conforme a criança vai ficando mais velha, as chances de recuperar a visão binocular diminuem, apesar do campo de visão lateral poder melhorar. Como em qualquer procedimento, a cirurgia de estrabismo pode ter riscos como: infecção, cicatrização excessiva etc. A cirurgia geralmente é um tratamento seguro e eficiente para o mau alinhamento ocular. Entretanto, não é um substituto, dos óculos ou do uso de oclusão.

O que você deve saber sobre estrabismo é:
– Não cura com o crescimento.
– O tratamento é mais eficiente em criança.
– O alinhamento dos olhos resulta em melhora do campo visual.
– O tratamento pode ser feito com colírios, exercícios ou óculos.
– Se a cirurgia for indicada quanto mais cedo for realizada melhor chance a criança tem de desenvolver visão binocular normal.

Logo quem chama os outros de vesgo é ignorante e desinformado.
Não faça parte dessa estatística.

Fontes consultadas: AAPOS(Academia Americana de Oftalmologia Pediátrica e Estrabismo) /
SBOP(Sociedade Brasileira de Oftalmologia Pediátrica)
Foto: http://www.apsh.kpjhealth.com.my/crs-images/ea_strabism_art.htm

Shoes no way!

23 mar 2011


1)Sapato de Batom criado pelo italiano Alberto Guardiani. O sapato é bem feminino une dois itens básicos para as mulheres o batom e o sapato.

2)Opa, pisei em um chiclete. Credo o sapato feio é do Kobi Levi.

3)Dior para quem gosta de salto agulha mais salto grosso.

4)Hells, nossa que agonia desse sapato. Como alguém se equilibra nesse sapato.

5)Chanel esse sapato não tem definição é muito estranho.