Beleza Fica a Dica Notícia

Fui modelo de sobrancelha no SENAC

Fala sociedade, tudo belezinha com vocês? Pois é, fui modelo de sobrancelha da querida Rosy que está cursando a lá no Senac a técnica de design de sobrancelha. Será que deu ruim? Ficou curioso, confira abaixo a resenha completa.

Nesta segunda-feira (2) eu estive na sede do Senac do Setor Comercial Sul, em Brasília, para ser modelo de uma amiga para design de sobrancelha. O Senac conta com um laboratório com cadeiras e penteadeiras camarim para todos os alunos e auxílio integral da professora. O processo de design se inicia com a realização de medidas do seu rosto e do tamanho da sua sobrancelha. A Rosy marcou com um lápis de rosto as medidas da sobrancelha com o uso de um paquímetro e ligou os pontos, o design acontece com uso de muita técnica, não é dedução, cuidado. Então, gostei bastante da experiência, pois me senti segura devido ao auxílio e acompanhamento da professora na sala.

Os alunos também desenvolvem técnicas de modelagem e remodelagem, com e sem aplicação de hena, no meu caso não houve aplicação. Obrigada pelo convite Rosy

Confira o antes e o depois:

Senac Centro de Educação Profissional Jessé Freire,
localizado na região central de Brasília, conta com infraestrutura adequada às necessidades de desenvolvimentos das programações ofertadas, principalmente nas áreas de Informática, Moda e Imagem Pessoal.

No Senac Jessé Freire, você encontra:

* 11 laboratórios de Informática;

* 2 laboratórios de Imagem Pessoal;

* 8 salas convencionais;

* Biblioteca;

* Auditório com 65 lugares, equipado com recursos audiovisuais e disponível para aluguel pelo telefone (61) 3223-9188 (Nayara).

Você também pode gostar...

2 comentários

  1. Oi Jana!
    Achei fantástico o post. Eu já fui modelo várias vezes pra uma amiga que fazia faculdade relacionada a maquiagem.
    Adoro!

    Quando essa mesa amiga começou a treinar para depilar sobrancelha e buço na linha, fui cobaia dela também!! hahahahahaha

    Mas assim, eu só fui modelo porque era amiga mesmo. Se fosse uma pessoa que eu não conhecesse, não sei se teria essa coragem porque sobrancelha é um negócio que mexe demais na nossa autoestima.

    Beijos mil!

    1. Imagina uma sobrancelha destruída é traumático mesmo, também só fui porque conhecia a aluna e tinha a professora o tempo todo vendo o passo a passo. Porém, pensando bem eu já passei vela no cabelo, é acho que sou meio doida com essas coisas de beleza, risos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *