Shoes no way!

23 mar 2011


1)Sapato de Batom criado pelo italiano Alberto Guardiani. O sapato é bem feminino une dois itens básicos para as mulheres o batom e o sapato.

2)Opa, pisei em um chiclete. Credo o sapato feio é do Kobi Levi.

3)Dior para quem gosta de salto agulha mais salto grosso.

4)Hells, nossa que agonia desse sapato. Como alguém se equilibra nesse sapato.

5)Chanel esse sapato não tem definição é muito estranho.

? Pierre Cardin

17 mar 2011


Toda quinta-feira vou falar sobre a vida de algum estilista. Enfim, o que temos e desejamos são graças aos olhos e criatividade desses mestres.
Antes da biografia vou contar aos fãs de moda que Cardin virá ao Brasil.
É segundo o site da Marie Claire o estilista deve vir no Brasil no mês de abril. Foi confirmada a data da exposição “Pierre Cardin – Criando Moda Revolucionando Costumes”: de 28 de abril a 29 de maio, no Shopping Iguatemi, em São Paulo. Com a curadoria de Denise Mattar, a mostra vai trazer roupas, croquis e fotos, fornecidos pelo acervo da Fundação Pierre Cardin Paris. A programação vai incluir também um desfile inédito de alta costura que será realizado no dia 26 de abril, com a presença do estilista. A organização do evento pretende lançar no Brasil uma versão em inglês do livro “Pierre Cardin: 60 anos de inovação”, originalmente editado pela Assouline.

– Pierre Cardin é italiano naturalizado francês, Pietro Cardini, nasceu em San Biagio Di Callata, próximo à Veneza. Em 1945 chegou a Paris e trabalhou com as estilistas Mme. Paquin e Elsa Schiaparelli e por algum tempo com Christian Dior. Em 1950 começou a criar sua própria moda fazendo ternos masculinos e roupas extravagantes para mulheres. Em 1957 lançou sua primeira coleção feminina, vestidos chemisiers, tipo bolha e casacos com golas amplas e bolsos chapados. Em 1970 diversificou seu negócio com hotéis, restaurantes e inaugurou o Espaço Pierre Cardin, em Paris.

Depois de passar dez anos longe das passarelas e da Semana de Moda de Paris, Cardin voltou a fazer parte do evento em outubro de 2010. O momento era especial porque o estilista estava comemorando 60 anos de sua grife. O estilista fez um desfile com duração de 47 minutos e cerca de 300 looks que misturaram coleções de verão e inverno. Cardin voltou apostar novamente na imagem de “era espacial”, com catsuits (macacões de mangas compridas, fechados com zíper do umbigo até o pescoço), peças em plástico e cores metalizadas, vestidos que vão do tubinho ao assimétrico, blusas e casacos ganharam mangas morcego, óculos de lentes coloridas e chapéus. O retorno às passarelas tem como objetivo aumentar sua popularidade entre os jovens.

Curiosidades::::
– O estilista é membro da Academia de Belas Artes da França.
– O estila não tem orgulho dos licenciamentos. “Infelizmente, meus licenciados produzem peças muito clássicas. Eu queria que eles entendessem minhas criações. Ao invés disso, eles produzem modelos burgueses. Levo meus desenhos originais para eles copiarem, porque este é o propósito da licença. Mas tudo o que vemos são esses velhos ternos para idosos. Fico até envergonhado ao olhar para eles”, lamenta.
– Cardin foi um dos pioneiros na parceria com uma loja de departamentos quando, em 1959, lançou uma coleção para a Printemps.

Fontes: site Marie Claire(http://revistamarieclaire.globo.com/) e Portais da moda (http://www.portaisdamoda.com.br)

Lumix traz para clientes salão de beleza portátil

5 mar 2011


Já imaginou sair sempre bela, sem olheiras e aquela cara de acabei de acordar nas fotos. Não é sonho lá no Japão essa façanha já existe. A máquina fotográfica da Panasonic Lumix FX77 traz essa função.
A Lumix FX77 tem o recurso para maquiar fotos sem o mínimo trabalho. Depois de tirar a foto você pode maquiar, clarear os dentes, retirar olheiras e rugas, dar aquela bronzeada e muitos mais. Ou seja, cara lavada nunca mais.
O preço é salgado, primeiro porque é vendido em Libra britânica (GBP), ou seja, na conversão para o real. Pesa muito no bolso, mas para quem interessar tem no site da .
Foto Reprodução: Panasonic Lumix FX77

Workshop do Boticário

28 fev 2011


Ontem, domingo (27/02/11) participei do workshop de maquiagem da marca O Boticário. A inscrição é gratuita e o Boticário fornece o material da marca. O workshop tem duração de duas horas e é ministrado pelas vendedoras da loja que pegam uma menina no shopping com a cara lavada (sem maquiagem). A maquiagem é dividida em três etapas pela vendedora.

– Primeira Etapa:
1) Lavar a pele com sabonete facial
2) Passar um tonificante facial
3) Passar hidratante com protetor solar
4) Passar o primer facial (produto para fixar a maquiagem). Esse produto é só na zona T (testa, nariz, buço, queixo) e nas maças do rosto, não passa no olho.

– Segunda Etapa:
1) Passar a base na pele com movimentos de cima para baixo. Espalhar no rosto menos nos olhos.
2) Passar o corretivo nas olheiras (manchas roxeadas na parte inferior do olho) e para suavizar espinhas. Corretivo é aplicado dando leves batidinhas com os dedos, nunca espalhar. Porque quando você espalha com movimentos circulares você estimula a circulação piorando a sua olheira.
3) Passar o pó na zona T e na maça do rosto. Nunca passar o pó nos olhos ou perto deles, porque o pó evidencia as marcas da pele.

– Terceira Etapa:
1) Passar primer para o olho nas pálpebras e na região próxima a sobrancelha. Esse produto serve como um fixador de sombra prolonga o efeito. Esse não é o mesmo produto do primer facial, é mais leve e específico para região dos olhos.
2) Passar o lápis preto ou marrom na linha próxima aos cílios e no côncavo. Hein? O côncavo é a parte mais funda que fica entre a pálpebra e a sobrancelha. Quando marcamos o côncavo, temos a sensação de um espaço maior da pálpebra, fazendo o olho crescer. O risco do lápis você vai esfumar de fora para dentro. [Essa parte eu tive dificuldade, mas a moça me disse que com a prática melhora o resultado].
3) Passar até na metade da pálpebra uma sombra iluminadora de dentro para fora.
4) Passar uma sombra escura (marrom, prata, vinho) em cima do esfumado do côncavo.
5) Passar lápis na pálpebra inferior.
6) Aplicar a máscara de cílios. [A vendedora aplicou em mim, não curto esse troço meu olho fica grudando]
7) Aplicar o blush de fora para dentro. No início da bochecha passar com movimentos circulares depois descer o pincel até próximo ao nariz.
8) Batom ou gloss.
😀 Tá pronta para badalar e se divertir…
Bom, eu amei o workshop me ensinou a entender como aplicar os produtos.

– Foto: Janaína Valadares.
Foram utilizados somente produtos do Boticário na foto.

Então, são duas horas de workshop que podem ser marcados durante a semana ou no final de semana. O curso acontece no shopping Boulevar Center na asa norte.
O telefone do Boticário do Boulevard é (61) 3448-3394.