Se hoje fosse seu seu último dia de vida

1 abr 2016


É isso mesmo hoje é o seu último dia de vida, acabou quando chegar a meia noite é o seu fim. Vai fazer o que xingar nas redes sociais fique à vontade, está no seu direito. Vai entrar na sala do chefe e mandar ele para o raio que o parta e outros palavrões. Vai atrás do ex que você sempre fingiu que tinha esquecido e não amava mais.

Vai viajar, escolha um roteiro próximo, pois é apenas um dia de vida. 

Vai reclamar do tempo que perdeu com fotos no Facebook, no Instagram ou Snapchat?

Hum você gosta de internet, vai postar #24horas #partiu #foibomenquantodurou 

Certeza você é apaixonado por tecnologia e vai passar o dia filmando e fotografando  deixando muito amor virtual para os seguidores, curta sua vibe.

Você está feliz? Hum, vai encontrar o marido ou a esposa que perdeu numa dessas voltas da vida, bonito que o amor de vocês seja eterno.

Sério, você está realmente preocupado com a reunião de amanhã? Deixa eu te contar um fato doloroso, sim vai continuar tudo funcionando, não viva para trabalhar. 

Você atualmente é chefe de algum setor? Aproveita, faça um funcionário feliz, exatamente aquele que você desprezou ou não teve sensibilidade, faça um elogio ou dê um conselho suave. 

Hum você é funcionário aproveita para agradecer o seu chefe que é uma pessoa legal por todas as vezes que fingiu não ver que você saiu mais cedo, ou quando você não deu a importância devida ao trabalho que lhe foi destinado, e se ele for mesmo um mau chefe tente ter uma conversa honesta, dane-se é o seu último dia mesmo aqui nessa terra, o máximo que pode ouvir é um está demitido.

E meus filhos? Se você é tem educado sozinho sua cria pense numa pessoa digna, honesta que pode ajudar na caminhada do seu filho, a  jornada é longa. 

Se você é casado, fica o pai ou a mãe para cuidar da prole, é você que vai embora só. 

Agradeça a todos que lhe trouxeram risadas e lágrimas que te ajudaram no crescimento e no último suspiro agradeça a Deus que te deu essa oportunidade de vida.

Texto e imagem: Janaína Guimarães

No comments yet

Deixe um comentário