TAG: blazer

Brasília promete muitas flores, sabores e promoção nesse final de semana

25 abr 2014


Os Titãs que me desculpem, sei que as flores de plástico não morrem, mas também não tem aroma, suavidade das flores verdadeiras. Se você também aprecia flores naturais não pode perder a exposição que ocorre no Jardim Botânico de Brasília. As orquídeas poderão ser apreciadas na Exposição de Orquídeas no Centro de Convivência do Jardim nesta sexta-feira (25/04) até domingo (27/04) das 9h às 17h. Durante o evento haverá apresentação de plantas de colecionadores do Distrito Federal e Região Metropolitana. Também serão vendidas plantas e artigos para cultivo vindos de São Paulo e de Goiás, além de comerciantes e produtores do DF e Entorno. Além disso, o evento contará com uma oficina gratuita de cultivo e conservação de orquídeas, palestra sobre o combate a doenças e pragas e haverá sorteio de plantas.

Programação:

Sábado (26)

15h – Palestra sobre cultivo

Domingo (27)

10h – Palestra sobre doenças e pragas

15h – Palestra sobre cultivo

Comida – Para os apreciadores de uma boa culinária e que queiram conhecer novos sabores indico o Festival Gastronômico Brasil Sabor nesse final de semana. O evento acontecerá nos dias 26 (das 12h às 22h) e 27 (das 12h às 19h), no estacionamento 9 e 10 do Parque da Cidade, em frente a Praça das Fontes. O diferencial são os preços de R$ 10, R$ 15, R$ 20 e além disso, contará com Espaço Quitutes e Espaço Deguste, degustações, aulas shows de chefs, música, DJs e muita diversão. Os organizadores prometem transporte especial para os que estacionarem em lugares mais afastados, além da segurança reforçada para que todos.

Fashion – A loja SO CUTE no Sudoeste lança nesse sábado mais uma edição da promoção de Blazers. A loja que é conhecida pelos estilo romântico e fashion traz sete cores de blazers custando cada R$ 139,00. A loja brasiliense fica na Clsw 102 bloco a loja 78, mais informações no telefone (61) 3041-4842.
Fonte e Imagens:  , ,  e . 

? Yves Saint Laurent (YSL)

19 jan 2012


“A roupa mais bonita para vestir uma mulher são os braços do homem que ela ama. Para as que não tiveram essa felicidade, eu estou aqui.” (Yves Saint Laurent). Yves Henri Donat Mathieu Saint Laurent (YSL) nasceu em Orã, na Argélia, em 1º de agosto de 1936. Em Paris em 1954 frequentou a École de la Chambre Syndicate de la Haute Couture. Pouco tempo depois, ganhou um concurso internacional de moda com um vestido de coquetel que impressionou o editor da revista Vogue, Michel de Brunhoff, e também Christian Dior, que o contratou como assistente. A morte de Dior, em 1957, acabou transformando Laurent no estilista da maison. Em sua primeira coleção, lançada em 1958, apresentou vestidos trapézio, de ombros estreitos e saia evasê. Com isso, ganhou o prêmio Neiman Marcus e o apelido de “Christian 2, o jovem triste”. Mas, a coleção de 1960 não agradou com os blusões de couro preto sobre blusas de gola rolê. Em setembro do mesmo ano, Saint Laurent foi chamado para servir na guerra da Argélia e acabou sendo substituído na Dior por Marc Bohan. Em 1961 abriu a sua maison com a ajuda de Pierre Bergé, seu amigo e companheiro. Seu primeiro desfile com a marca Yves Saint Laurent aconteceu em 29 de janeiro de 1962 e a partir daí a sigla YSL se tornaria sinônimo de elegância e vendas. Em 1965 uniu moda e arte ao criar os vestidos tubinhos inspirados nos trabalhos do holandês Piet Mondrian, artista plástico fundador do neoplasticismo. O vestido se tornaria um ícone da moda.

Em 1966 criou o smoking feminino, marca registrada do estilista. Foi ele quem transformou o blazer, o casaquinho de marinheiro e o vestido-camisa em ingredientes clássicos do guarda-roupa feminino. Em 1968, apresentou modelos surpreendentes como a saharienne, jaqueta tipo safári, e as blusas transparentes.

No ano seguinte, abriu a butique Saint Laurent Rive Gauche para homens, em Paris. Em 1971, a “Coleção 40”, de verão mostrou vestidos no estilo anos 40 com as costas nuas. Em 1982, o estilista recebeu o prêmio internacional do CFDA (Council of Fashion Designers of America). Em 1986, Pierre Bergé convenceu Saint Laurent a vender o setor de confecções da YSL ao grupo têxtil Mendés e usar o dinheiro para comprar o grupo de cosméticos Charles of the Ritz que possuía os direitos de licenciamento da sua linha de perfumes. Em 1993 a grife foi vendida para o grupo estatal Sanofi Beauté. Em 1998, ganhou um desfile-retrospectiva em pleno campo de futebol, antes da final da Copa do Mundo da França. Em 1999, a marca, incluindo o prêt-à-porter, perfumes e demais artigos, foi comprada por François Pinault, do grupo Pinault-Printemps-Redoute, que detém a Gucci. Então em outubro de 2000 depois da demissão de Alber Elbaz em fevereiro a linha Rive Gauche, passou a ser criada pelo texano Tom Ford. Por contrato, Saint Laurent deveria ficar com duas coleções de alta-costura por ano até 2006.

Um sinal de seu descontentamento se deu em janeiro de 2001, quando Saint Laurent compareceu ao desfile de Hedi Slimane, seu ex-diretor da linha masculina que começava a trabalhar para a Dior, ao invés de assistir ao desfile de Tom Ford. No dia 7 de janeiro de 2002, YSL convocou uma coletiva de imprensa para anunciar que estava se despedindo do mundo da moda.

Em 22 de janeiro de 2002, no Centre Georges Pompidou, em Paris, aconteceu o último desfile de alta-costura de Yves Saint Laurent. Laurent morreu em Paris, diagnosticado com câncer cerebral em 1 de junho de 2008.

CURIOSIDADES:::
Foi o primeiro estilista do mundo a usar manequins negras em desfiles de moda.
Outros artistas o inspiraram em suas criações como Pablo Picasso, Georges Braque, Andy Warhol, Velázquez e Delacroix.
Foi o primeiro costureiro parisiense de alta-costura a abrir uma butique de prêt-à-porter de luxo.
Em 1983 foi honrado com uma exposição de seu trabalho no Metropolitan Museum of Art em Nova Iorque e em 1986 no Louvre, em Paris.

Fonte e Fotos: ; ; e