TAG: portais da moda

Showroom de Novembro Glossy Box Style

8 nov 2011


Oi recebi na sexta feira um email da . Bom, sou cadastrada no site, mas nunca comprei nada lá. Eles me mandaram as sugestões de estilo de acordo com o teste que eu fiz no site. Faça o seu

Só não gostei de três sugestões: brinco, anel e a sapatilha. O brinco eu achei feio, pois é gosto não se discute. O anel eu não tenho costume e por esse motivo não compraria. E a sapatilha eu achei estranha, não gostei mesmo. E vocês são assinantes da GlossyBox Style? Já compraram algum produto?

? Pierre Cardin

17 mar 2011


Toda quinta-feira vou falar sobre a vida de algum estilista. Enfim, o que temos e desejamos são graças aos olhos e criatividade desses mestres.
Antes da biografia vou contar aos fãs de moda que Cardin virá ao Brasil.
É segundo o site da Marie Claire o estilista deve vir no Brasil no mês de abril. Foi confirmada a data da exposição “Pierre Cardin – Criando Moda Revolucionando Costumes”: de 28 de abril a 29 de maio, no Shopping Iguatemi, em São Paulo. Com a curadoria de Denise Mattar, a mostra vai trazer roupas, croquis e fotos, fornecidos pelo acervo da Fundação Pierre Cardin Paris. A programação vai incluir também um desfile inédito de alta costura que será realizado no dia 26 de abril, com a presença do estilista. A organização do evento pretende lançar no Brasil uma versão em inglês do livro “Pierre Cardin: 60 anos de inovação”, originalmente editado pela Assouline.

– Pierre Cardin é italiano naturalizado francês, Pietro Cardini, nasceu em San Biagio Di Callata, próximo à Veneza. Em 1945 chegou a Paris e trabalhou com as estilistas Mme. Paquin e Elsa Schiaparelli e por algum tempo com Christian Dior. Em 1950 começou a criar sua própria moda fazendo ternos masculinos e roupas extravagantes para mulheres. Em 1957 lançou sua primeira coleção feminina, vestidos chemisiers, tipo bolha e casacos com golas amplas e bolsos chapados. Em 1970 diversificou seu negócio com hotéis, restaurantes e inaugurou o Espaço Pierre Cardin, em Paris.

Depois de passar dez anos longe das passarelas e da Semana de Moda de Paris, Cardin voltou a fazer parte do evento em outubro de 2010. O momento era especial porque o estilista estava comemorando 60 anos de sua grife. O estilista fez um desfile com duração de 47 minutos e cerca de 300 looks que misturaram coleções de verão e inverno. Cardin voltou apostar novamente na imagem de “era espacial”, com catsuits (macacões de mangas compridas, fechados com zíper do umbigo até o pescoço), peças em plástico e cores metalizadas, vestidos que vão do tubinho ao assimétrico, blusas e casacos ganharam mangas morcego, óculos de lentes coloridas e chapéus. O retorno às passarelas tem como objetivo aumentar sua popularidade entre os jovens.

Curiosidades::::
– O estilista é membro da Academia de Belas Artes da França.
– O estila não tem orgulho dos licenciamentos. “Infelizmente, meus licenciados produzem peças muito clássicas. Eu queria que eles entendessem minhas criações. Ao invés disso, eles produzem modelos burgueses. Levo meus desenhos originais para eles copiarem, porque este é o propósito da licença. Mas tudo o que vemos são esses velhos ternos para idosos. Fico até envergonhado ao olhar para eles”, lamenta.
– Cardin foi um dos pioneiros na parceria com uma loja de departamentos quando, em 1959, lançou uma coleção para a Printemps.

Fontes: site Marie Claire(http://revistamarieclaire.globo.com/) e Portais da moda (http://www.portaisdamoda.com.br)