TAG: Quinta Stylist

? Década de 20

24 abr 2014


A moda é cíclica uma peça que você não gosta hoje pode te encantar no futuro. Os vestidos de franjas, os vestidos sem marcação na cintura, os chapéus, o colar de pérolas, os cortes curtos super modernos. Você sabe de onde vieram? Simples lá de 1920, foi nessa década que ganhamos essas peças tão importantes no vestuário.

Na década de 20 as mulheres ganham o direito de mostrar as pernas com vestidos curtos, uma parte do colo e as costas ficavam à mostra. Os lábios também ganharam vivacidade com os batons carmins e passados em forma de coração, já os olhos ganham esfumados marcados de preto. Os estilistas de destaque das celebridades foram Coco Chanel e Jean Patou.


O tecido mais visto nas ruas e nos filmes era a seda. As meias em tons de bege e o chapéu com o modelo “cloche”, só podia ser usado com os cabelos curtos. O biótipo desejado era de mulheres sem curvas, sem seios e com quadris pequenos.


Em 1927 a estilista Coco Chanel traz para moda peças com cortes retos, capas, blazers, cardigans, colares de pérolas e boinas. Outro grande estilista foi Jean Patou que teve destaque com a linha “sportswear”, criou coleções para a estrela do tênis Suzanne Lenglen, que as usava dentro e fora das quadras e suas roupas de banho revolucionaram a moda praia.

A bolsa na década de 20 foi a estilo carteira, tanto para o dia como para noite. Com uma superfície plana permitia aplicações de bordados ou estampas. Os sapatos com linhas geométricas, tiras no peito do pé, recortes, cortes e aberturas, combinando com saltos, médios ou altos, mas nunca finos.

Veja mais imagens da década de 20 na minha página no Polyvore ()



Fonte: e blog
Imagens: Google Imagens

? Stella McCartney

17 abr 2014


A estilista Stella Nina McCartney nasceu no dia 13 de setembro de 1971 em Londres é a segunda filha do baixista dos Beatles Paul McCartney e da fotógrafa Linda McCartney. Com 13 anos demonstrou interesse pela moda ainda adolescente e costurou sua primeira peça, uma jaqueta. Em 1995, formou-se em design de moda na universidade Central Saint Martins em Londres. Na formatura a estilista contou com a ajuda de seu pai que produziu uma trilha sonora exclusiva, intitulada de Stella May Day, e com a presença de amigas famosas como Naomi Campbell e Kate Moss. Isso ajudou a estampar a capa dos jornais no dia seguinte. A coleção foi comprada pela Tokio, uma boutique londrina, e logo depois suas criações povoavam as araras de lojas como a Browns, Joseph, Bergdorf Goodman e Neiman Marcus. Em 1997, foi nomeada diretora criativa da grife Chloé, em Paris.
Então em 2001, Stella aceitou a proposta do grupo Gucci para lançar sua marca própria. Foi a primeira estilista do sexo feminino a integrar o grupo. Em outubro do mesmo ano, apresentou a sua primeira coleção na semana de moda de Paris.
No ano de 2004, a estilista firmou uma parceria com a alemã Adidas, para a qual assina linhas de roupas e acessórios para modalidades como ioga, corrida, tênis, natação, golfe, ciclismo, entre outros. Nos anos seguintes em 2005, concretizou uma parceria com a H&M, em 2009 apostou em uma coleção infantil para a GAP. No Brasil a estilista ficou conhecida em 2011 com a parceria com a C&A.
Seu trabalho é natural, feminino,sexy, 
elegante, dotado de leveza, confiança e alfaiataria. 

Curiosidades
2003
? Lança primeira coleção de óculos.

? Lança primeiro perfume da grife, batizado de STELLA.

2007

? Lança a CARE, linha de produtos para o cuidado da pele. Feita 100% com ingredientes orgânicos.

2008

? Lança de sensual linha de lingeries.

2010

? Lança a STELLA McCARTNEY KIDS, linha infantil de roupas e acessórios para recém-nascidos e crianças até 12 anos.

? Lança em colaboração com a Disney, uma coleção de joias e acessórios inspirados no filme Alice no País das Maravilhas.

2012

? Lança uma coleção de sutiãs e calcinhas, batizada de STELLA, feita de materiais sustentáveis, como algodão orgânico e metal reciclado.

? Lança outra fragrância da marca, L.I.L.Y. O nome era o apelido de sua mãe Linda – falecida em 1998. E além disso, deriva do apelido que seu pai deu para sua mãe “Linda, I Love You”, e do nome de uma de suas flores prediletas, o lírio (em inglês, “lily”).


? Uma característica da marca é a alfaiataria masculina trazida para o universo feminino.

? Seguindo os passos da mãe, que era ativista em favor dos animais, Stella é vegetariana e não usa couro ou pele em suas criações.


Fotos: Google imagens
Fonte: site oficial da marca (),  e .

Camila Coelho + F*Hits Shops

27 jun 2013


A blogueira Camila Coelho nasceu em 27 de fevereiro, é mineira de Virginópolis, casada, tem 25 anos, é empresária e criou em 18 de Abril de 2011 o blog “”, mora em Boston nos Estados Unidos. O sucesso não começou por palavras, Camila conquistou os fãs com seus vídeos de tutoriais no Youtube () e o sucesso gerou pedidos para a criação do blog. Camila tem mais de 1 milhão de seguidores no Instagram () e no Youtube e mais de 700 mil seguidores na sua página do Facebook (). Agora além de ver a Camila nesses canais você pode encontrar com ela por aí nas ruas, como? Simples, Camila Coelho lançou uma coleção de roupas em parceria com o site .

Abaixo a coleção:

E aí curtiu a coleção?
Eu apaixonei na saia vermelha e na blusa com a foto de perfil 





Vult

6 jun 2013


O Quinta Stylist de hoje traz a história da . Segundo o site a Vult Cosmética é uma marca brasileira que nasceu em 2004 com um grande desejo: oferecer ao universo feminino a possibilidade de ter produtos cosméticos sofisticados, inovadores e acessíveis. Atualmente a Vult já está presente em todo o território nacional. Além dos queridinhos da maquiagem a Vult também possui linhas com produtos específicos para o cuidado com cabelo e corpo. Com sede em Mogi das Cruzes (SP), está estrategicamente localizada para atender com agilidade todo o mercado nacional, cujas vendas são realizadas através de distribuidores regionais especializados no atendimento ao varejo. A Vult também é uma marca comprometida com o desenvolvimento humano, pois apoia organizações não governamentais (ONG) e realiza campanhas sociais com o objetivo de promover o bem-estar e a melhoria da qualidade de vida das pessoas.