TOP FIVE NOVELAS MEXICANAS

18 maio 2016


Antes de tudo nós fãs de novelas mexicanas devemos agradecer ao Sílivio Santos que dublou e reprisou essas pérolas da dramaturgia no SBT. Continuando a série de novelas favoritas, hoje trago o meu top five de novelas mexicanas. Observação vilãs boas são as mexicanas ali sim rola muita maldade!

Maria do Bairro

– Maldita Marginal!!!! Quem não lembra de Soraya Montenegro xingando a personagem da Thalia em Maria do Bairro. A novela Maria do Bairro conta a história de Maria, uma jovem catadora, pobre, que após ser resgatada da rua pelo bondoso Tio Loro começa a estudar e ter aulas de etiqueta. Maria apaixona-se por Luís Fernando playboy e filho do Tio Loro. Luís tem rolo com Soraia Montenegro, mas Maria rouba seu coração. Soraya percebe os olhares de Luís Fernando para a “Marginal” e inventa que está grávida e acaba se casando com Luís Fernando. Depois, Luís Fernando descobre a mentira de Soraya e termina tudo, ela sofre um acidente de carro e parece que morreu. Então, com Soraya ”morta”, Maria e Luís se casam, mas o casamento deles entra em crise pelo alcoolismo de Luís. Maria engravida e entra em depressão, entregando o bebê a uma desconhecida, Agripina, após o parto. Em seguida, Maria é encontrada pela família sem o bebê e fora de si. Em suma, Maria adota uma menina, Tita, e mesmo assim continua procurando seu filho, Nandinho. Resumindo no futuro Maria reencontra Nandinho, Soraya volta e conquista o rapaz e persegue Maria, depois de muito rolo termina tudo bem e no final Maria engravida de Luís Fernando.

A Usurpadora

 

– Paola e Paulina (Gabriela Spanic), duas mulheres idênticas na aparência e diferentes no caráter, se encontraram por acaso e trocam de lugar sem que ninguém saiba. Paola chifra o marido com todo mundo e vendo a semelhança com Paulina arma para que a coitada seja obrigada a voltar para sua casa. Paola propõe a Paulina para não denunciá-la por roubo que ela se passe por ela durante um ano na mansão da família de seu marido, Carlos Daniel, enquanto ela viaja e se diverte com seus amantes. Sem alternativa, a jovem se muda para a casa da família Bracho e se torna um anjo na vida de cada morador da mansão. 

O Privilégio de Amar

 

– Luciana é uma garota que trabalha como empregada doméstica na casa do seminarista João da Cruz. Apaixonados, os dois jovens passam uma noite juntos. Na manhã seguinte, ele vai para o seminário. Ana Joaquina, a mãe de João, proíbe Luciana de voltar a se aproximar do rapaz. Logo depois, ela descobre que está grávida e sente-se sozinha e desprotegida diante do mundo. Quando seu bebê nasce, fica desesperada e abandona sua filha na porta de uma mansão, na esperança de adotarem a criança. Entretanto, a menina é entregue ao convento das Irmãs de Caridade, onde a criam e a educam junto com Rosário, que no futuro, será confundida com a filha de Luciana. No futuro Cristina, filha de Luciana, vira modelo e vai trabalhar na empresa da mãe que é uma modista, lá apaixona-se pelo enteado de Luciana, Vítor Manuel. Mas a noiva dele, Tamara, engravida e fala que o filho é de Vítor Manuel, separando-o de Cristina, que vai morar numa vila. Tamara, a atira da escada, deixando a vida de Cristina e sua filha em risco. Mas quando Cristina souber que Luciana Duval e João da Cruz são seus pais, não irá entender que Luciana a abandonou para salvar sua vida, visto que estava doente e sem ter como alimentá-la. 

Rubi

 

– Ambiciosa, a estudante Rubi (Barbara Mori) só quer saber de enriquecer. Na faculdade, ela conhece Maribel (Jacqueline Bracamontes), uma jovem milionária com um problema na perna, que está noiva de um homem rico chamado Heitor (Sebastián Rulli). Rubi se envolve com Alessandro (Eduardo Santamarina), amigo do casal, mas ao descobrir que ele é pobre na véspera do casamento, termina a relação. Ela vai atrás de Heitor, que se separa de Maribel para ficar com ela. 

Carrossel

– Eu só quis dizer! Que romântico! Essas expressões são clássicas dos personagens Cirilo e Laura, essa novela marcou minha infância. Carrossel se passa na Escola Mundial e conta a história da doce professora Helena (Gabriela Rivero) e seus alunos. A trama foi exibida no Brasil pela primeira vez em 1991.

 

E aí curtiram as minha escolhas?

 

Qual o top five de vocês?

 

Beijos

Janaína Guimarães

No comments yet

Deixe um comentário